A Prefeitura de Volta Redonda, através do Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto), informa sobre ampliação do sistema de abastecimento de água potável para os bairros da região do Roma. Segundo nota à imprensa, cerca de 40 mil moradores serão beneficiados com o investimento de R$ 1,2 milhão, resultado de Parceria Público Privada (PPP) com grupo que constrói um novo empreendimento imobiliário às margens da Rodovia dos Metalúrgicos. A previsão para conclusão de todas as etapas da obra, iniciada em junho passado, é de quatro meses.

O diretor do Saae-VR, José Geraldo Santos, o Zeca, informou que a obra hoje está concentrada na elevatória do bairro São Geraldo, próxima ao Shopping Park Sul. “No local, está sendo construída uma subestação de Energia Elétrica de 500 kVA (Kilovoltampere); será feita a substituição de dois conjuntos de moto bombas, garantindo 330 mil litros de água por hora, triplicando a quantidade fornecida hoje; além de comandos elétricos e comandos de automação. Também serão implantados 400 metros de rede de distribuição”, explicou Zeca.

Ainda segundo a prefeitura, para alcançar a excelência na distribuição de água em toda região, a obra ainda terá outras duas etapas. A construção de subestação nas proximidades da cabine da Polícia Militar, na Rodovia dos Metalúrgicos, próxima à entrada do bairro Vila Rica/Tiradentes, que vai atender, principalmente, os empreendimentos Alphaville e Jardim Mariana; além de uma elevatória no Parque Empresarial João Pessoa Fagundes, também às margens da rodovia, que vai garantir abastecimento ao Reserva do Vale.  

Essa ampliação no sistema de distribuição vai beneficiar o Roma I, Roma II, Parque das Garças, Rio das Flores, Condado do Ipê e Santa Bárbara, que hoje formam a região; os bairros Jardim Tiradentes, toda a região do Jardim Belvedere, Tiradentes e Vila Rica; além dos condomínios em implantação, Reserva do Vale, Alphaville e Jardim Mariana.

Ainda na região do Roma, o Saae-VR já executa a construção de 4,5 km de rede de água que vai atender as cerca de 50 famílias do Núcleo Santa Bárbara. A obra é realizada em convênio com o Governo Federal, por meio da Funasa (Fundação Nacional de Saúde) do Ministério da Saúde.

O prefeito Samuca Silva reforça que os investimentos para melhorar o abastecimento de água potável na cidade sempre foram prioridades de sua gestão. “Garantir o acesso da população à água potável é uma forma de investir em saúde e na qualidade de vida da população. Estamos desatando vários nós da cidade e o de um abastecimento mais eficiente é um deles”, acredita, lembrando outras obras importantes executadas pelo Saae-VR com este objetivo. 

A construção de 3,5 mil metros de rede de água potável ao longo da Estrada Francisco Torres, entre os bairros Voldac e São Luiz, em fase de conclusão, vai melhorar o abastecimento para cerca de 40 mil moradores dos bairros São Luiz, São Sebastião, Califórnia, São Luiz da Barra, Fátima, União e São Francisco. Para isso, em janeiro deste ano, o Saae-VR trocou a bomba de abastecimento, o painel e o motor, aumentando a potência do equipamento e a vazão de água. A obra também é realizada por Parceria Público Privada (PPP).

Também está em andamento a construção de 1km de rede de água potável na Avenida Pernambuco, no bairro Belmonte, que vai atender 120 famílias. O bairro Açude, que já recebeu R$ 1,2 milhão em investimentos para melhorar a distribuição de água para os moradores nesta gestão, vai ganhar outra obra importante, realizada por convênio com o Governo Federal, através da Caixa Econômica Federal. A construção de um reservatório com capacidade para 1,5 mil litros de água. Hoje, o local conta com reservatório com um terço desta capacidade.

 

foto de Felipe Carvalho