O Dia dos Pais está chegando e, com ele, a expectativa de incremento nas vendas no comércio. Apesar da crise causada pela pandemia de Covid-19, pesquisa realizada pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) mostra que 58% dos brasileiros devem ir às compras, o que significa que quase 92 milhões de consumidores irão presentear essa figura tão importante em grande parte das famílias: o pai.

Ainda segundo o levantamento, os dias que antecedem o 09 de agosto devem encher as ruas e movimentar R$ 17,9 bilhões na economia, o que representa um alento para o setor varejista, um dos maiores impactados com as consequências do novo coronavírus. Outro ponto apresentado na pesquisa mostra que 37% dos consumidores esperam gastar o mesmo valor que no ano passado, enquanto 18% pretendem desembolsar uma quantia maior para presentear a figura paterna.

Em Barra Mansa, a expectativa, embora tímida, é otimista. O presidente da CDL Barra Mansa, Leonardo dos Santos, aposta no aquecimento das vendas no comércio da cidade, mas ressalta que a estimativa ainda é menor que o mesmo período do ano passado, devido à crise financeira causada pela pandemia. “Foram muitos dias de lojas fechadas por conta do isolamento e acreditamos que a data comemorativa vai ajudar a compensar parte das perdas registradas nesses dias tão delicados”, pontuou.

Vale lembrar que o período de pandemia trouxe muitas dificuldades, mas também alguns desafios para o comércio, entre eles, a necessidade de o lojista se reinventar. Entrar no mundo digital foi uma das alternativas encontradas para reduzir um pouco do prejuízo com as portas fechadas. De acordo com a pesquisa da CNDL, 39% dos consumidores deve realizar suas compras pela internet, sendo que 79% via sites, 58% em aplicativos e 19% no Instagram. “É muito importante que os lojistas se reinventem. Já verificamos números expressivos nas vendas por delivery e através de redes sociais, que têm sido grandes aliadas neste momento em que as pessoas devem ficar em casa. Portanto, a CDL Barra Mansa aconselha aos empresários que adotem tais alternativas para impulsionar os negócios”, disse Leonardo.

Com a esperança de que o Dia dos Pais movimente as ruas, a CDL Barra Mansa reafirma que os cuidados ainda são necessários e lembra que as normas de higiene e segurança devem ser seguidas. “A entidade tem conscientizado os lojistas a efetuarem suas vendas sem colocar em risco à saúde dos funcionários e clientes, adotando os protocolos de segurança necessários. É muito importante que os lojistas coíbam as aglomerações nos estabelecimentos, que promovam o distanciamento adequado, instruam os clientes e funcionários quanto ao uso da máscara e disponibilizem álcool em gel nas lojas. Vencer esta pandemia é um dever de todos nós, comerciantes e consumidores”, ressaltou o presidente da CDL-BM, Leonardo dos Santos.

Entre os presentes mais procurados para o Dia dos Pais de 2020, segundo a CNDL, estão as roupas, com 48% das intenções; os perfumes e cosméticos, que totalizam 33%; calçados, com 28%; e acessórios, com 26%. O valor médio dos presentes deve ficar em R$ 196. A maior parte, 79%, dos consumidores pretende pagar o presente à vista, sendo que 46% no dinheiro e 28% no cartão de débito.

Vale lembrar que o comércio de Barra Mansa está funcionando com horário limitado, até as 20 horas, uma medida adotada pela prefeitura para conter o avanço da Covid-19 e evitar que a cidade tenha as atividades suspensas por força do acordo judicial. Diferente de municípios vizinhos, não há restrições para crianças ou idosos frequentarem as lojas, mas o presidente da CDL Barra Mansa alerta que, aqueles que não tenham necessidade, fiquem em casa.