A Justiça determinou, na manhã desta terça-feira, dia 06, o fechamento de todas as atividades não essenciais de Volta Redonda num prazo de 24 horas. O prefeito da cidade, Antônio Francisco Neto (DEM), aguarda a intimação para cumprir a decisão e editar o decreto mantendo em funcionamento, apenas, as atividades essenciais.

Vale lembrar que, nesta segunda-feira, dia 05, a juíza da 1ª Vara Cível de Barra Mansa, Ana Carolinne Licasalio da Costa, já havia determinado o fechamento do comércio da cidade vizinha, Barra Mansa. Em nota, a prefeitura daquela cidade informou que irá cumprir a determinação judicial tão logo seja comunicada oficialmente.

No final da tarde desta segunda, a Prefeitura de Volta Redonda divulgou novo decreto com medidas restritivas de prevenção à Covid-19. O decreto prorroga, em caráter excepcional e temporário, as medidas emergenciais de natureza restritiva ao funcionamento de atividades econômicas e a permanência de pessoas em áreas públicas do município. 

O município tem hoje 23.021 casos confirmados do novo coronavírus e já registrou 589 óbitos pela doença.