Morreu nesta quinta-feira (27), o ex-treinador de futebol Valdir Espinosa, aos 72 anos, após não recuperar de uma cirurgia na região do abdômen.

Campeão Carioca invicto como técnico pelo Botafogo, em 1989, tirando o Alvinegro de um jejum de 21 anos sem títulos, o gaúcho de Porto Alegre ocupava a gerência de futebol do time de General Severiano. Ele também trabalhou nos outros três grandes clubes do Rio, Fluminense, Flamengo e Vasco.

Campeão do Mundo pelo Grêmio em 1983, Espinosa também trabalhou em grandes clubes paulistas, do mundo árabe, futebol japonês e Sul-Americano, além de uma rápida passagem pelo Las Vegas City, dos EUA.