O parangolé rolou no início da tarde desta terça-feira, dia 27, na Avenida Antônio Castro Alves, no bairro Roselândia em Barra Mansa. Uma boquinha de quiabo, nervosa, babou denúncia para a polícia militar, informando que um elemento estava armado dentro de uma barbearia do local. Sem corcoviar no lance, os Papa Maikes baixaram com vontade na barbearia, onde foram recebidos por um senhor, de 49 anos, que se apresentou como tio do dono do estabelecimento que não se encontrava no local. No momento da abordagem, um jovem de 20 anos que estava na barbearia, saiu correndo mas foi agarrado pelos policiais.

Durante buscas realizadas no interior do estabelecimento, foram encontrados: um tablete e um saco contendo maconha, balança digital, etiquetas com descrição da facção criminosa CV, e fita adesiva. O jovem foi rebocado junto com o bagulho para delegacia, onde foi ouvido e liberado. Ele e o proprietário da barbearia, de 25 anos, vão responder por tráfico de drogas.

Por Tico Balanço.