A primeira ação dos agentes do 28º Batalhão ocorreu na Rua Ghandi, no bairro Monte Castelo, em Volta Redonda. Os canelas pretas estavam em patrulhamento na área, quando avistaram um elemento em atitude suspeita, colocando algo na cintura. O suspeito, João Vitor, de 26 anos, foi abordado. O mesmo portava 11 pinos de cocaína que estavam dentro de um copo de Ativ Plus. No arrocho, segundo a polícia, ele disse que estava vendendo o pozinho do capiroto para um elemento conhecido como ‘’Maninho’’. Em seguida, os policiais foram até a residência do suspeito onde foram encontrados mais três pinos de cocaína. João foi conduzido para 93ª DP.

A segunda ocorrência foi registrada na Rua Sebastião Basílio, no retorno do bairro Ano Bom, em Barra Mansa. Policiais baixaram no endereço para checar denúncia sobre um elemento de vulgo "mente" que havia recebido uma bolsa com armas de outro homem, não identificado, que estaria num veículo Cobalt branco, e que a residência do vulgo "mente" era usada como local de preparação das drogas para a venda na boca do local. O suspeito, Wiliam dos Santos, de 42 anos, foi encontrado e não portava nada de ilícito, apenas o celular. Informado sobre as denúncias, ele tirou o corpo fora e disse que não guardava nada em casa, e convidou a guarnição para ir até sua residência, convidando também um conhecido. Após buscas na casa, os policiais encontraram: uma balança de precisão, um litro de éter, 400 pinos para endolação de cocaína, sete frascos de pó Royal, um manual de usuário de fuzil e duas folhas com anotações do tráfico. Wiliam foi carretado junto com o material para delegacia de Barra Mansa.

Por Tico Balanço.