A pré-candidata a prefeita de Porto Real Dra. Silvia Bernardelli declarou no último domingo, dia 19, durante um encontro com um grupo de trabalhadores, que a estagnação econômica que assola o município há mais de 15 anos é um triste resultado da falta de políticas públicas de cunho desenvolvimentista, voltadas à expansão econômica por meio da diversificação de novos empreendimentos e da qualificação profissional, o que segundo ela agora está ainda mais perceptível por causa da pandemia de coronavírus.


A retomada do crescimento de Porto Real, da geração de emprego e renda no município, já havia sido defendida pela médica no começo de março, em um pronunciamento durante o evento que marcou sua filiação ao Cidadania. Na ocasião, Dra. Silvia saiu em defesa de um desenvolvimento pluralizado da cidade, por meio do crescimento e da diversificação dos empreendimentos, do setor de prestação de serviços, do comércio, além do fortalecimento de áreas como o turismo de negócios e de eventos culturais e esportivos.


"Porto Real não aguenta mais isso, é sempre a mesma história de que os empregos estão chegando, mas nunca chegam, é muita conversa para pouca ação prática. Por isso estamos trazendo a proposta de um governo inovador, moderno, honesto, que cuide das pessoas, que ampare os mais fragilizados, mas que, sobretudo, promova o crescimento de nossa cidade e o desenvolvimento das pessoas. Porto Real está estagnada há mais de 15 anos, com promessas de empregos que nunca chegam. É hora de virarmos esse jogo", disse a pré-candidata.