A Comissão Permanente de Saúde, Educação e Assistência Social da Câmara de Vereadores de Volta Redonda esteve reunida com a secretária Municipal de Saúde, Maria da Conceição de Souza Rocha, na manhã desta segunda-feira, 26. O presidente do grupo, o vereador Jari de Oliveira (PSB), junto com os colegas Paulo Conrado (DC), que é o relator da comissão, e Sidney Dinho (Patriota), pediram informações sobre a estratégia de vacinação contra Covid-19 do município.

'A validade da vacina CoronaVac para quem tomou a primeira dose e não conseguiu receber a segunda aplicação no prazo de 28 dias era uma preocupação, mas, de acordo com a secretária, a vacina não perde a validade, mesmo para quem tomou a primeira dose há mais de 28 dias, mas ressaltou que o município trabalha para cumprir o prazo indicado pelo fabricante.' Afirmou Jari.

O parlamentar informou ainda que a secretária disse que, a partir de agora, as segundas doses serão reservadas para quem tomou a primeira: 'ela falou também que os autistas e pessoas com síndrome de Down serão os próximos públicos alvo da vacinação. E também se comprometeu em adotar uma estratégia de vacinação democrática, com atendimento no sistema drive thru e nas unidades' detalhou Jari que ainda relatou a questão da falta de médicos e a dificuldade de contratação pela prefeitura, que também foi abordada pela secretária. Segundo a informação dada pela secretária ao vareador, a ideia da prefeitura é criar uma fundação para contratação de médicos para a Rede Municipal da Saúde, além da adesão ao programa Mais Médicos. Quanto às cirurgias eletivas, interrompidas pelo agravamento da pandemia da Covid-19, a prefeitura tenta parceria com instituições privadas para a retomada do serviço.

O atendimento domiciliar também esteve na pauta: 'Elogiei o serviço do SAD (Serviço de Atendimento Domiciliar), mas desejo que ele seja ampliado. Além disso, a secretária se comprometeu a remanejar os profissionais de fisioterapia do município para tentar oferecer o serviço em casa. Acreditamos que, com diálogo, vamos conseguir melhorias para a saúde pública em Volta Redonda. Nos colocamos à disposição para colaborar com a secretária no que for preciso.' encerrou Jari.