Em reunião no Palácio Guanabara, sede do Governo do Estado, o prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, se encontrou com o governador Wilson Witzel para tratar sobre a possibilidade de implantação de um presídio vertical na cidade. O encontro ocorreu nesta terça-feira, dia 04, e, na ocasião, Samuca pediu ao governador para reavaliar o projeto da nova unidade prisional.

Samuca solicitou a reunião com o governador após o Governo do Estado divulgar um projeto pioneiro de ampliação e modernização da unidade prisional já existente em Volta Redonda.

A unidade seria criada de forma vertical e os presos seriam de baixa periculosidade, sem fazer parte de facção e ainda trabalhariam dentro do local.

"Fiz questão de vir conversar com o governador sobre esse projeto e pedir a reavaliação. Confio muito na política de segurança do atual Governo do Estado, mas acredito que esta medida não seja ideal. Lembro que nossa cidade já conta com uma cadeia pública, implantada em 2004 e, ainda, o Degase, para reclusão de adolescentes, criado em 2013", disse Samuca.

O prefeito destacou que o governador Wilson Witzel, que é um parceiro de Volta Redonda, se mostrou sensível à demanda da prefeitura e disse que irá analisar outras localidades que possam receber o novo modelo de sistema prisional.

"É um projeto que visa a ressocialização dos presos, focando no trabalho e próximos de seus familiares. Peço a população para não acreditar em fake news nesse momento. O governador vai avaliar meu pedido", acrescentou o prefeito.