Em uma última atualização ocorrida às 14 horas deste domingo, o número de infectados por COVID-19 confirmados em Volta Redonda subiu para quatro casos. O prefeito Samuca Silva utilizou mais uma vez as redes sociais para atualizar os números. Segundo Samuca, os dois novos casos são de uma mulher de 36 anos que teria se consultado com um psicólogo que havia estado na Espanha recentemente, e um homem de 48 anos que é professor universitário no Rio de Janeiro. Eles estão em quarentena em suas casas e passam bem.

Samuca aproveitou para alertar os comerciantes que estão infringindo o decreto de fechamento dos estabelecimentos e disse que quem insistir no funcionamento, poderá ter o alvará cassado.

Quanto à CSN, Samuca informou que a partir de amanhã, todos os funcionários da empresa que fazem parte do grupo de risco, estão automaticamente de férias por 15 dias, a princípio. A direção da empresa ainda se comprometeu com o prefeito que apresentará nesta segunda-feira (22), outras medidas relativas ao Coronavírus.

Samuca também falou sobre a situação nas escolas municipais e a preocupação com a merenda escolar para alunos de famílias com vulnerabilidade social. Ele afirmou que medidas serão tomadas para garantir de alguma forma a alimentação dessas crianças, mesmo sem as aulas.

O secretário de saúde, Alfredo Peixoto que, a exemplo de ontem, estava acompanhando Samuca na transmissão do vídeo, falou sobre algumas estratégias que serão adotadas na campanha de vacinação contra a gripe influenza. Segundo Alfredo, será colocado em prática um sistema de 'Drive-Thru' para que os idosos possam ser vacinados dentro dos próprios veículos, evitando ao máximo o contato com outras pessoas.

Idoso que apresentou sintomas do COVID-19, morre no HSJB

Na noite de sábado (21), um idoso de 66 anos morreu no Hospital São João Batista. Ele apresentava alguns sintomas do Coronavírus, mas ainda não há confirmação de que ele tinha a doença. Os exames devem ficar prontos em uma semana. Uma irmã dele, de 67 anos, está internada em estado grave apresentando problemas respiratórios. A paciente está em isolamento na unidade hospitalar.

 

Foto: Arquivo.