Na tarde desta quarta-feira (20), o prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, anunciou novas medidas de restrição ao funcionamento do comércio e serviços na cidade.

Em transmissão feita pelo Facebook, Samuca anunciou 119 novos casos suspeitos de Covid-19 notificados, o que significa um aumento nos casos suspeitos de Coronavírus que excede os limites acordados com o Ministério Público pelo segundo dia consecutivo (aumento de 7,6% na variação de casos suspeitos em 24 horas). Com isso, a partir desta quinta-feira (21) os estabelecimentos comerciais voltam a fechar, por um prazo inicial de sete dias.

Segundo Samuca, conforme os números voltem a cair novamente, o comércio será reaberto na próxima quinta-feira (28): “Da mesma forma como conseguimos flexibilizar, temos que avisar que a partir de amanhã, quinta, 21, o comércio de Volta Redinda ficará fechado por 7 dias, ate a próxima quinta-feira, dia 28”. Explicou.

A atualização dos números ficou da seguinte maneira: Volta Redonda tem agora 734 casos confirmados de Coronavírus, sendo 619 considerados curados. Houve ainda um novo óbito confirmado: trata-se de um homem de 55 anos, que era diabético. Samuca ainda informou que existe 10 casos de óbitos suspeitos aguardando o resultado dos exames.

 

 

Ocupação nos hospitais

Samuca informou ainda que a ocupação de leitos CTI até o momento está em 15% da capacidade total. Já a ocupação dos leitos no Hospital de Campanha está em 6%.